Médicos da Oncomédica estão entre os melhores do mundo na área da Oncologia

Eles conquistaram as maiores notas possíveis no teste da Sociedade Norte-Americana de Oncologia

Publicado em: 08/05/2015

A Oncomédica chega aos seus 10 anos de atividades com mais uma importante conquista. A clínica conta com profissionais que estão certificadamente entre os melhores do mundo na área de Oncologia.

A certificação é da Sociedade Norte-Americana de Oncologia e foi obtida pelos médicos Dr. Danilo Fonseca e Dr. Cláudio Rocha, que além da aprovação na prova aplicada pela instituição, também conquistaram as maiores notas possíveis no teste, realizado por cerca de 2 mil profissionais em todo o mundo.

No Brasil, 29 médicos fizeram a prova. Todos eles são egressos da Residência em Oncologia do Instituto do Câncer do Estado de São Paulo (ICESP), vinculado à Universidade de São Paulo (USP). O resultado do teste da Sociedade Norte-Americana colocou a instituição no 5º lugar entre os melhores serviços oncológicos do mundo, ao lado de instituições como a Universidade de Harvard, Memorial Sloan Kettering Cancer Center, Johns Hopkins Institute e Mayo Clinic.

Foi no ICESP onde os médicos da equipe da Oncomédica tiveram a sua formação, o que coloca a medicina oncológica piauiense no mais alto patamar de qualidade em assistência.

O coordenador da Residência em Oncologia do ICESP, Dr. Daniel Saragiotto, falou da excelência do resultado do exame. “Ficamos extremamente satisfeitos ao saber que estamos em um nível tão elevado na medicina oncológica. É a segunda vez que participamos do teste e apesar de toda a dificuldade de fazer uma prova em outra língua, com a análise de assuntos com pouca abrangência nas faculdades de medicina no Brasil e com várias instituições de peso a colocação só foi possível por conta da dedicação de todos os alunos”, ressalta.

A prova, realizada em fevereiro, teve a duração de cinco horas e foi composta por 200 questões que abordavam todas as áreas da oncologia, incluindo assuntos como diagnósticos diferenciais, manejo dos pacientes, terapias, dentre outros. O objetivo do teste é avaliar se a formação dos oncologistas está satisfatória e em consonância com as melhores práticas adotadas na especialidade.

O oncologista Dr. Claudio Rocha tirou a nota máxima do exame, que é de 800 pontos, um resultado que gerou surpresa mas plena satisfação pessoal e profissional. “A prova implica em testar e avaliar rigorosamente nossos conhecimentos. É muito bom saber que estamos indo pelo caminho certo e que possamos ajudar outras pessoas com esse resultado”, comemora.

image
O oncologista Dr. Claudio Rocha ressalta a satisfação pessoal e profissional pelo resultado obtido

Na opinião do oncologista Dr. Danilo Fonseca, que tirou a nota 795, este resultado vem da soma de diversos fatores. “Esse resultado vem da grande oportunidade que tivemos em fazer residência numa instituição que é referência no Brasil, ao lado de grandes profissionais e dentro de uma excelente estrutura de atendimento e de ensino. Junto a isso, teve a nossa dedicação em conciliar todas as atividades da residência com os estudos direcionados para o teste. Não esperávamos um resultado tão expressivo, o que nos deixou muito felizes e com um sentimento de que estamos fazendo o melhor”, avalia.

image
O oncologista, Dr. Danilo Fonseca fala do resultado expressivo no exame

A.N / A.R

Álbuns

Instagram